Mais de 3.000 condutores foram multados por circular de forma incorreta nas rotundas nos últimos três anos e desde que entraram em vigor as novas alterações ao Código da Estrada. A informação é avançada pelo Jornal de Notícias.

A lei aplicada a 1 de janeiro de 2014 introduziu 60 alterações ao código e uma delas é a obrigatoriedade de circular na faixa mais à direita nas rotundas apenas quando se vai sair na primeira saída. Outra mudança foi a a redução da taxa de álcool, para 0,2 gramas por litro de sangue, para condutores recém-encartados e profissionais,

De acordo com estatísticas da Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR), citadas pelo Jornal de Notícias, 3.195 condutores já foram multados em rotundas e 1909, recém-encartados e profissionais, autuados por conduzir com uma taxa de álcool superior à prevista.

Logo no primeiro ano em que foram impostas as alterações no Código da Estrada, em 2014, foram multados 1.104 condutores por não circularem corretamente nas rotundas, número que aumentou, em 2015, para 1.127. Já este ano, registaram-se 964 multas.

A coima para os condutores que não circulem de forma correta nas rotundas pode ir até aos 300 euros, enquanto que, para os recém-encartados e condutores de profissionais que forem apanhados a conduzir com álcool no sangue, chega até aos 500 euros.