A ministra da Justiça, Francisca Van Dunem, e a procuradora-geral da República, Joana Marques Vidal, participam, esta segunda-feira, em Lisboa, na cerimónia de abertura da conferência internacional “Corrupção: Um combate de todos para todos”. Na abertura da conferência, que decorre na Fundação Calouste Gulbenkian, participa também o presidente do conselho de administração desta fundação.

Durante a manhã, a conferência conta com a participação do diretor do Departamento Central de Investigação e Ação Penal (DCIAP), Amadeu Guerra, que apresentará o projeto Ethos, um programa que se irá desenvolver durante dois anos na sequência de uma candidatura apresentada ao Fundo de Segurança Interna.

‘Os custos da corrupção’ e ‘A evolução do sistema penal e os valores do Estado de Direito’ são os temas dos painéis desta segunda-feira de manhã. À tarde, os trabalhos incidirão sobre ‘A investigação criminal da corrupção’. Após um debate, haverá uma mesa redonda subordinada ao tema ‘A prevenção da corrupção’, moderada por João Amaral Tomaz, do Conselho de Prevenção da Corrupção.

Mouraz Lopes, juiz conselheiro do Tribunal de Contas, Santos Pais, procurador-geral adjunto do Tribunal Constitucional e Fernando Negrão, deputado e presidente da Comissão Eventual para o reforço da Transparência no Exercício de Funções Públicas, são os participantes na mesa redonda.