Bernard Cazeneuve, até agora ministro francês do Interior, é o novo primeiro-ministro de França. Cazeneuve foi nomeado esta terça-feira pelo presidente, François Hollande, depois de Manuel Valls ter anunciado a demissão, para se candidatar às eleições presidenciais de 2017.

O anúncio foi confirmado pelo próprio Hollande no Twitter, onde escreveu que encarregou Cazeneuve de formar um novo governo. Já não é a primeira vez que Bernard Cazeneuve, de 53 anos, substitui Manuel Valls. Em abril de 2014, foi nomeado ministro do Interior quando Valls subiu a primeiro-ministro.

Enquanto responsável pelas polícias e e pela proteção civil, Cazeneuve teve de gerir algumas das maiores crises dos últimos anos em França, especialmente durante a recente onda de atentados no país. O ataque à redação do Charlie Hebdo, os atentados de novembro de 2015, a morte do padre Jacques Hamel e o atentado de Nice puseram Cazeneuve à prova quase diariamente. Além disso, o novo primeiro-ministro tem sido também o principal responsável pela gestão da crise dos refugiados em França.