Não há quem não precise de olhar duas vezes para estas imagens. E a culpa é de Guy Billout, um ilustrador francês que deu uma dimensão diferente ao mundo que nos rodeia pondo-lhe um toque muito vincado de surrealismo. O homem que espreita debaixo do mar para encontrar uma chave é o resultado de uma caminhada pela arte que começa em Beaune, onde trabalhou pela primeira vez na área da publicidade. Em 1969 viveu em Nova Iorque, que serviu de montra para as suas criações quando começou a trabalhar com a New York Magazine.

Foi na icónica revista que Guy Billout percebeu a importância da liberdade como pilar da expressão através da ilustração. E essa aprendizagem levou-o a altos voos: agora Billout tem livros publicados e várias colaborações com revistas e jornais de referência. Veja algumas das suas criações na fotogaleria.