O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, e o primeiro-ministro, António Costa, vão estar, esta sexta-feira, na cerimónia evocativa dos 25 anos da Autoeuropa em Portugal, em Palmela, no distrito de Setúbal.

Nesta cerimónia vão estar também os ministros da Economia, Manuel Caldeira Cabral, e o do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José Vieira da Silva, além do membro do Conselho de Administração da marca Volkswagen com responsabilidade pela Produção e Logística Thomas Ulbrich e do diretor de Relações Internacionais da Volkswagen AG, Jens Hanefeld.

As exportações da Autoeuropa representam, segundo dados de 2015, 1% do Produto Interno Bruto (PIB), valor significativo para a economia nacional.

Ao longo dos anos, a fábrica de automóveis da Volkswagen tornou-se fundamental para o desenvolvimento económico da região de Setúbal pela oferta de emprego qualificado bem como pelas oportunidades de negócio que oferece a muitas empresas.

A importância da Autoeuropa para a região de Setúbal mede-se também pela atratividade sobre outras empresas estrangeiras como a Schenellecke, Bentler, SAS Automotive Systems, Vanpro, Action e Wheels, e as portuguesas Palmetal e Inapal Plásticos, entre muitos outros fornecedores e prestadores de serviços.

A Autoeuropa é ainda importante para trabalhadores e para o pequeno comércio da região e mesmo para a Câmara Municipal de Palmela.

O presidente do município, Álvaro Amaro (CDU), reconhece o impacto que a Autoeuropa teve na transformação de Palmela, que há 25 anos era apenas um concelho rural e que hoje tem o maior ‘cluster’ do setor automóvel em Portugal.