Os primeiros médicos a chegar ao local descrevem um cenário dantesco. Um camião que transportava material inflamável despistou-se num troço de auto-estrada a cerca de 80 quilómetros de Nairobi, a capital do Quénia, provocando um choque em cadeia que envolveu vários outros veículos, explodindo depois numa bola de fogo que engoliu tudo à sua volta.

Ainda não há confirmação oficial do números de mortes mas terão sido pelo menos 40 as vítimas deste acidente, segundo a BBC que cita jornais locais quenianos.

Autoridades no local, citadas pelo diário Daily Nation falam em 12 veículos envolvidos sendo que um deles transportava 14 pessoas. Todas morreram.

O choque, que aconteceu numa auto-estrada onde o trânsito é particularmente intenso, acontece ao quinto dia de uma greve geral de pessoal da saúde no Quénia, o que pode impedir o tratamento de alguns doentes e até aumentar o número de vítimas mortais, disse fonte da Cruz Vermelha aos jornalistas no local. O hospital mais próximo, o de Naivasha, está paralisado pela greve.