Paulo Lalanda de Castro apresentou esta sexta-feira ao Conselho de Administração da Octapharma a demissão de todas as funções que desempenha na empresa, o que foi aceite, anunciou esta noite a farmacêutica, em comunicado. Segundo a Octapharma, a demissão, que já foi aceite, foi apresentada na sequência de uma investigação relacionada com o negócio do plasma, que envolve a farmacêutica, que foi alvo de buscas, acrescenta a nota.