A Opel está em processo de reorganização da sua estrutura produtiva, com o intuito de torná-la mais eficiente e rentável. Uma das principais medidas passa pela alocação do fabrico de alguns modelos da unidade fabril de Eisenach para a sua fábrica espanhola de Saragoça, e vice-versa.

E como o anúncio da nova estratégia não deixou de mencionar quais os modelos que estão envolvidos no processo, foi possível ficar a saber que 2019 será um ano determinante para o futuro imediato da marca de Rüsselsheim, já que no mesmo irão ser lançadas as novas gerações de nada menos do que três das suas propostas mais apetecidas: o SUV Mokka X (que muito recentemente recebeu uma actualização geral), o utilitário Corsa e o citadino Adam. O primeiro vendeu cerca de 670 mil unidades desde o seu lançamento, e passará a ser fabricado em Eisenach. O Corsa, na presente geração, já convenceu 630 mil clientes e passará a ser produzido em Saragoça, ao passo que o Adam conta com 225 mil unidades produzidas e passará, também ele, a sair das linhas de montagem dessa instalação fabril espanhola.