O túnel sob o Bósforo ligando as zonas asiática e europeia de Istambul abre esta terça-feira com uma cerimónia que conta com a participação do Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, e o primeiro-ministro, Binali Yildirim.

Segundo uma notícia divulgada no ‘site’ da agência estatal turca Anadolu, o túnel Eurasia, com 14,6 quilómetros, 5,4 dos quais subterrâneos, custou 1,2 mil milhões de euros e demorou quatro anos a ser construído.

O túnel tem dois andares com duas faixas em cada nível e espera-se que “revolucione” o trânsito em Istambul fazendo diminuir o tempo de viagem de 100 para 15 minutos.

O Eurasia foi desenhado para resistir a terramotos e tsunamis, de acordo com a Anadolu.