As autoridades alemãs detiveram no estado federal da Baixa Saxónia um marroquino de 24 anos que é suspeito de ser membro do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Os procuradores federais alemães afirmam que o homem, identificado apenas como Redouane S., fazia parte da rede de Abdelhamid Abaaoud, suspeito de ter planeado os ataques terroristas de 13 de novembro de 2015 em Paris (contra o recinto Stade de France, vários restaurantes da zona e a sala de espetáculos Bataclan).

As mesmas fontes acrescentaram que Redouane S. teve como o função, entre outubro de 2014 e inícios de 2015, tomar conta dos apartamentos-refúgio do grupo na Turquia e na Grécia. Este período coincide com a preparação dos ataques de Paris, que resultaram na morte de 130 pessoas.

O marroquino, dizem os procuradores, foi informado por Abaaoud dos planos para um ataque em Verviers, Bélgica, a 15 de janeiro de 2015. Redouane S. terá permanecido em contacto com o grupo mesmo depois de entrar na Alemanha, em maio do ano passado.

A sua detenção aconteceu na terça-feira, no estado da Baixa Saxónia (Norte da Alemanha).