Fernando Santos foi considerado o melhor selecionador do mundo pela Federação Internacional de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS).

“Apesar da forte oposição de experientes treinadores, especialistas em futebol de 56 países não hesitaram eleger Fernando Santos” como o melhor do mundo, pode ler-se no site da Federação. O selecionador português recolheu um total de 199 votos favoráveis, quase três vezes mais que o selecionador da Islândia, o sueco Lars Lagerback (2º classificado). O alemão Joachim Löw, selecionador da Alemanha fechou o pódio.

O percurso feito ao leme da seleção nacional portuguesa, que se sagrou pela primeira vez campeã europeia de futebol, esteve na base da escolha.

O Observador, também elegeu Fernando Santos como figura do ano na categoria Desporto. Pode ver aqui a entrevista feita pela redação ao mister campeão por Portugal no Europeu 2016.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Durante a entrevista foram destacados algumas das frases mais marcantes da conversa entre o mister e a redação do Observador. Fique com alguns:

O site oficial da IFFHS divulgou ainda o ranking completo de 2016:

1 – Fernando Santos (Portugal) 199 pontos;
2 – Lars Lagerbeck (Sueco/ terinador da Islândia) 71 pontos;
3 – Joachim Löw (Alemanha) 62 pontos;
4 – Chris Coleman (País de Gales) 61 pontos;
5 – Didier Deshamps (França) 52 pontos;
6 – Antonio Conte (Itália) 17 pontos;
7 – Ante Cacic (Croácia) 8 pontos;
8 – Marc Wilmots (Bélgica) 3 pontos;
8 – Tite (Brasil) 3 pontos;
10- Bernd Storck (Hungria) 1 ponto;
10- Ange Postecoglu (Austrália) 1 ponto;
10- Adam Nawalka (Polónia) 1 ponto.