O Presidente romeno rejeitou esta terça-feira a indigitação para primeira-ministra da candidata de esquerda do Partido Social Democrata (PSD), Sevil Shhaideh, que teria sido a primeira mulher e primeira muçulmana a liderar o governo do país.

“Ponderei com cuidado os argumentos a favor e contra e decidi não aceitar esta proposta”, afirmou Klaus Iohannis, citado pela agência France Press.

O PSD indicou o nome de Sevil Shhaideh na sequência da vitória nas legislativas no país no passado dia 11 de dezembro.