Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Mário Soares está “relativamente melhor do que ontem”, existindo uma “estabilização” do estado de saúde. A informação foi avançada esta sexta-feira pelo porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha, José Barata.

Inicialmente não estava prevista a leitura de um boletim clínico para esta sexta-feira, mas acabou por ser agendada uma atualização para a hora habitual. Depois de na quinta-feira o quadro clínico do ex-Presidente da República se ter agravado, com a equipa médica a falar numa “considerável degradação das condições vitais”, Mário Soares passou a noite relativamente bem e terá estabilizado.

Em declarações aos jornalistas, José Barata salvaguardou, no entanto, que a situação de Mário Soares se mantém “muito crítica” e que “o prognóstico é reservado”.

O fundador do PS “continua em coma profundo e sem qualquer suporte técnico de vida” ainda que “os sinais vitais” estejam “numa situação normal”, explicou o porta-voz do Hospital da Cruz Vermelha.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

Depois de um dia particularmente crítico, o estado de saúde de Mário Soares está “relativamente melhor do que ontem”, reiterou José Barata. “Situação hoje está estabilizada”.

Para este sábado, dia 31 de dezembro, está prevista uma nova atualização do boletim clínica do ex-Presidente da República.