Um atum rabilho foi vendido por 74,2 milhões de ienes (mais de 605.000 euros), naquela que pode ser a última licitação de Ano Novo no mítico mercado de peixe de Tsukiji, que aguarda mudança para novas instalações.

O atum, com 212 quilos, pescado em Oma, Aomori, no norte do Japão, chegou ao preço de 350 mil ienes (2.857 euros) por quilo, sendo a segunda licitação mais alta num leilão de Ano Novo em Tsukiji. Pelo sexto ano consecutivo, o atum foi licitado pelo presidente da cadeia de restaurantes Sushizanmai, Kiyoshi Kimura.

O recorde histórico é ostentado pelo próprio Kimura, que em 2013 pagou 155,4 milhões de ienes (1,27 milhões de euros) por um outro atum rabilho.

O leilão de Ano Novo desta quinta-feira poderá ser o último deste tipo realizado nas atuais instalações do mercado de Tsukiji, uma das atrações turísticas mais populares da capital japonesa.

O Governo da área metropolitana de Tóquio decidiu em 2001 mudar Tsukiji, que abriu em 1935 no bairro de Chuo, para as margens do rio Sumida, na ilha artificial de Toyosu, dada a necessidade de maior área comercial.

No entanto, a deteção de vestígios de substâncias tóxicas no solo da nova superfície — onde estava localizada uma fábrica de gás — atrasou a mudança do mercado de peixe. A governadora de Tóquio, Yuriko Koike, disse que a mudança do Tsukiji não terá lugar pelo menos até ao final do ano.