Os monumentos, museus e palácios nacionais receberam mais de 4,6 milhões de visitantes no ano passado, o que representa um aumento de 15,5%, em relação a 2015, segundo dados divulgados esta sexta-feira pela Direção-Geral do Património Cultural (DGPC).

“Todos os equipamentos culturais tutelados pela DGPC viram aumentar os seus visitantes”, um facto que acontece pela primeira vez, de acordo com a DGPC, que sublinha o registo de subidas tanto do público nacional como estrangeiro.

Em 2016, mais de quatro milhões e 682 mil pessoas visitaram Monumentos, Museus e Palácios tutelados pela DGPC, representando um aumento de 15,5%, em relação a 2015 (mais 626.803)”, lê-se no comunicado esta sexta-feira divulgado.

Além do “evidente aumento do turismo internacional”, a DGPC justifica ainda estas subidas pela “qualidade da oferta cultural nestes equipamentos, a abertura de novos espaços, as exposições temporárias, os eventos culturais e a atividade dos serviços educativos”.

No Museu Nacional de Arte Antiga, por exemplo, a inauguração da nova Galeria de Pintura e Escultura Portuguesas teve mais de 67 mil visitas, das 175.578 entradas totais deste equipamento, às Janelas Verdes, em Lisboa, em 2016.