“Pes mou mia lexi” não é uma canção nova. Na verdade, “Pes mou mia lexi” é uma canção do compositor grego Manos Hatzidakis, ouvida pela primeira vez no filme “Alloimono stous neous”, de Alekos Sakellarios. Em 1961, cantaram-na os atores Maro Kontou e Dimitris Horn. Agora, por graça de Lula Pena e para nossa sorte, é como se “Pes mou mia lexi” tivesse nascido agora. É este o tema que se vê e se ouve no novo vídeo de Lula Pena, realizado por Catarina Limão. E é esta a canção que anuncia o que aí vem: um novo álbum, Archivo Pittoresco, com edição marcada para dia 27:

[jwplatform A8kdno1w]

Lula Pena canta em grego, tal como o tema foi escrito, e há mais razões do que as artísticas para esta escolha. Nas palavras da própria: “Adotei a canção há uns anos, quando a Grécia foi o primeiro país da União Europeia a sofrer os efeitos da crise mundial, chegando a um colapso económico. De certa forma quis relembrar que lexicamente somos todos gregos”.

lula pena novo disco

A capa de “Archivo Pittoresco”

Quase vinte anos depois da estreia em disco (o primeiro álbum foi Phados, em 1998, o segundo foi Troubadour, em 2010) a cantora regressa, ainda a manter intervalos longos e pouco habituais entre edições. E no novo Archivo Pittoresco repete-se a vontade de cantar sem fronteiras linguísticas, com temas em português, francês, espanhol, inglês e no dialeto sardenho.

“Archivo Pittoresco” é editado a 27 de janeiro (edição Crammed Discs, distribuição Compact)