A poucos dias da estreia em Monte Carlo do Yaris WRC, que marca o regresso da Toyota ao Mundial de Ralis, a marca nipónica anuncia que no próximo Salão de Genebra revelará, oficialmente, uma inédita versão desportiva do seu utilitário. A oportunidade será ainda aproveitada para introduzir uma série de melhorias em toda a gama do modelo, que passam por uma frente redesenhada e mais agressiva, por uma secção traseira também de novo desenho, por um interior renovado e por uma série de melhoramentos técnicos destinados a incrementar o conforto e o desempenho dinâmico, que se anuncia mais ágil e envolvente.

Ainda sem designação oficial conhecida, o mais desportivo dos Yaris será proposto apenas em carroçaria de três portas, apresentando como um dos seus principais argumentos o motor capaz de debitar 210 cv, que se prevê tenha uma capacidade de 1,6 litros e seja acompanhada de uma afinação de chassi capaz de fazer jus ao seu rendimento e à própria vocação do modelo.

Através das imagens já divulgadas, é ainda possível identificar os pára-choques redesenhados, as ópticas dianteiras de novo desenho, os farolins posteriores de maiores dimensões, o deflector de generosas dimensões colocado no topo do portão traseiro e a colocação da ponteira de escape em posição central.

Com tudo isto, e apesar de 40% das vendas do Yaris na Europa serem asseguradas pela sua versão híbrida, a Toyota acaba por criar uma versão do seu popular utilitário destinada a um dos subsegmentos mais concorridos do momento, onde pontificam propostas como o Renault Clio RS, o VW Polo GTI, o Opel Corsa OPC, o Peugeot 208 GTI ou o DS 3 Performance. E isto só para citar os mais significativos.