Depois da apresentação oficial e mundial no primeiro salão automóvel de 2017, realizado em Detroit, EUA, a Kia veio dar a conhecer mais alguns dados relativamente ao seu novo coupé desportivo de quatro portas, a que deu o nome de Stinger. Desde logo, informou que o modelo será comercializado também na Europa, com motores a diesel em alternativa às potentes unidades a gasolina, sendo que também está em cima da mesa avançar com uma versão eléctrica.

Segundo avança a Autocar, o Kia Stinger deverá apresentar-se ao público europeu já no próximo Salão Automóvel de Genebra, em Março, com o mesmo quatro cilindros 2,2 litros a diesel de 197 cv que o fabricante já comercializa, designadamente no Sorento. E deverá adoptar uma transmissão automática de oito velocidades, podendo integrar igualmente um sistema de tracção integral. Este último, contudo, proposto como opcional.

Ao mesmo tempo, e embora ainda nada esteja definido, a marca sul-coreana estará a ponderar a possibilidade de lançar uma versão totalmente eléctrica deste mesmo modelo, aproveitando também o facto de a plataforma estar preparada para o efeito. A hipótese que está em estudo passa pela construção de um Stinger eléctrico, recorrendo a muitos dos componentes já utilizados na variante híbrida do Optima. Isto apesar deste ser um tracção dianteira, ao passo que o Stinger foi concebido como uma proposta genuinamente de tracção traseira, que pode como complemento estar equipado em alguns casos com transmissão 4×4.

“Neste momento, não temos ainda qualquer plano para o desenvolvimento de uma versão eléctrica do Stinger, mas a verdade é que temos capacidade para lançar novos eléctricos, caso a procura surja”, reconheceu o responsável máximo pelo Marketing internacional da Kia, Spencer Cho.

Recorde-se que, nos EUA, o Kia Stinger será comercializado, a partir do final do presente ano, com duas motorizações. Para abrir, um quatro cilindros 2,0 litros turbo com 255 cv e 352 Nm e, para os mais exigentes, um V6 3,3 litros biturbo de 365 cv e 510 Nm. Sendo que o bloco mais potente anuncia como prestações 5,1 segundos dos 0 aos 100 km/h e 269 km/h de velocidade máxima.