Tabaco

Dona da Lucky Strike compra Reynolds por 46,5 mil milhões e cria líder mundial no tabaco

A BAT, fabricante dos cigarros Lucky Strike, vai comprar o controlo da americana Reynolds que produz a marca Camel. Negócio de 46,5 mil milhões de euros cria maior tabaqueira negociada em bolsa.

INÁCIO ROSA/LUSA

A British American Tobacco (BAT) chegou a acordo para assumir o controlo da Reynolds Americans. O negócio de 49,4 mil milhões de dólares (46,5 mil milhões de euros) vai criar a maior tabaqueira cotada em bolsa, ultrapassando a americana Philip Morris, que fabrica a marca Malboro e controla a Tabaqueira portuguesa.

O acordo põe fim a mais de três meses de negociação pelo controlo da Reynolds que comercializa a marca Camel e surge depois de a BAT ter subido a proposta financeira para adquirir os 58% da empresa americana que ainda não detinha. Analistas admitem que a promessa de Donald Trump de descida de impostos sobre as empresas pode ter dado um empurrão à revisão em alta da oferta em mais de oito mil milhões de dólares.

A BAT, fabricante da marca Lucky Strike, era acionista da empresa americana desde a sua criação em 2004 e espera obter sinergias de 400 milhões de dólares. Esta operação assinala a última fase da onda de consolidações que tem abalado a indústria tabaqueira que luta contra a queda na procura dos cigarros tradicionais e as incertezas introduzidas pelas novas tecnologias. Um dos trunfos da Reynolds para a BAT é a liderança do mercado emergente de cigarros eletrónicos nos Estados Unidos.

    Se tiver uma história que queira partilhar ou informações que considere importantes sobre abusos sexuais na Igreja em Portugal, pode contactar o Observador de várias formas — com a certeza de que garantiremos o seu anonimato, se assim o pretender:

  1. Pode preencher este formulário;
  2. Pode enviar-nos um email para abusos@observador.pt ou, pessoalmente, para Sónia Simões (ssimoes@observador.pt) ou para João Francisco Gomes (jfgomes@observador.pt);
  3. Pode contactar-nos através do WhatsApp para o número 913 513 883;
  4. Ou pode ligar-nos pelo mesmo número: 913 513 883.
Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: asuspiro@observador.pt

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)