O setor do associativo do ensino da condução foi, esta terça-feira, alvo de diligências de busca e apreensão por suspeita de prática anti-concorrência, informou a Autoridade da Concorrência (AdC).

As buscas foram motivadas por indícios de práticas de concertação de preços nas licenças de condução, que fundamentam suspeitas de infração à Lei da Concorrência”, explicou a AdC, em comunicado.

Segundo a AdC, as buscas foram efetuadas pela Autoridade da Concorrência em colaboração com DIAP (Departamento de Investigação e Ação Penal) e envolveram também agentes da PSP de Lisboa.

A violação das regras de concorrência não só reduz o bem-estar dos consumidores, como prejudica a competitividade das empresas, penalizando a economia como um todo”, salienta a AdC.

A AdC esclarece também que as diligências “não afetaram a normal atividade da associação envolvida nem das empresas associadas”.