O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, admitiu esta quarta-feira que o Governo está a “acompanhar com preocupação” a falta de chuva no país, e disse esperar “que São Pedro cumpra a sua missão”.

“Estamos de facto numa situação que nos preocupa porque já o ano anterior foi um ano mau em termos de pluviosidade suscetível de recarregar os aquíferos”, afirmou o ministro, assinalando que a chuva de 2016 “não foi suficiente”.

Capoulas Santos adiantou que “há uma panóplia de soluções que só devem ser equacionadas em função do agravamento ou não da situação” e disse esperar que “o São Pedro cumpra a sua missão”.

“Há até um ditado português que diz ‘abril, águas mil’ e é normalmente quando há muita pluviosidade”, referiu o governante, acrescentando porém que tal “não significa” que o Governo não esteja “a acompanhar a situação com preocupação”.

O ministro da agricultura, que falava à margem da apresentação do livro ‘O Vinho no Tempo da Guerra’, recordou que “o Governo já adotou um conjunto de medidas para um conjunto de municípios no baixo Alentejo onde se esgotaram as reservas para abeberamento do gado”.

Apesar das medidas tomadas, Capoulas Santos admitiu que o Governo está a “seguir com preocupação uma situação que pode de facto vir a agravar-se” e que “não deixará de agir de acordo com o que as circunstâncias determinarem”.