A produção no setor da construção, em novembro último, manteve-se estável na zona euro e aumentou 0,2% na União Europeia (UE), face ao mesmo mês de 2015, segundo o Eurostat. Já na comparação com outubro, o indicador subiu 0,4%, quer na zona euro, quer na UE.

Em ternos homólogos, as maiores subidas da produção no setor da construção foram registadas na Suécia (7,6%) e na Holanda (7,0%), enquanto as principais quebras se observaram na Eslovénia (-15,0%), na Hungria (-14,4%) e na Roménia (-13,9%).

Na variação em cadeia (face a outubro), a Eslovénia (9,4%), a Polónia (6,7%) e a Eslováquia (5,7%) registaram as maiores subidas no indicador e a Roménia (-4,1%), a Suécia (-1,3%), a Espanha (-0,8%) e a França (-0,2%) viram a produção no setor da construção recuar.

Em Portugal, o indicador recuou 1,1% na variação homóloga e aumentou 0,8% em cadeia.