Uma onda de mau tempo que resultou num grande temporal deixou milhares de condutores presos em estradas espanholas durante a noite de quinta-feira, dá conta o El Español. As fortes chuvadas e a queda de neve obrigaram à imobilização de mais de mil veículos em diversas estradas na Comunidade Valenciana, em Albacete e Cuenca e alguns chegaram até a passar a noite dentro do carro. Os cerca de 25 centímetros de neve não provocaram danos, mas a maioria das escolas e portos marítimos tiveram de ser encerrados.

Houve quem tivesse partilhado fotos do temporal nas redes sociais.

Os condutores queixaram-se por não terem sido informados acerca do corte do trânsito. “Ninguém nos informou, ninguém sabia de nada”, contestou um condutor. No entanto, a Unidade Militar de Emergência espanhola foi mobilizada para intervir durante o ocorrido e disponibilizou-se a oferecer mantas e bebidas quentes às pessoas que ficaram presas dentro dos carros. A Cruz Vermelha e a Guarda Civil também colaboraram na ajuda. A reabertura das estradas afetadas, A31, A7 e N334, ocorreu apenas esta sexta-feira de manhã.

O mau tempo provocou ainda uma forte agitação marítima, com ondas superiores a cinco metros, e nas zonas mais altas as temperaturas chegaram aos 19 graus negativos. Segundo o El Español, há cerca de 30 anos que não se registavam condições meteorológicas tão adversas como estas.