O atual presidente do partido social-democrata alemão (SPD), o vice-chanceler Sigmar Gabriel, não deverá ser, afinal, o candidato do partido às eleições legislativas de setembro. Para defrontar Angela Merkel nas urnas o SPD deverá escolher o ex-presidente do Parlamento Europeu, Martin Schulz, avança a imprensa alemã.

De acordo com a Der Spiegel, a candidatura de Schulz às eleições é dada praticamente como certa, uma vez que o social-democrata sai do seu mandato à frente do Parlamento Europeu com níveis de popularidade bastante superiores aos do vice-chanceler. A decisão, contudo, ainda terá de ser aprovada pela direção do partido, que se reúne esta quarta-feira para discutir o assunto.

Além de ser o candidato do SPD às eleições de setembro, Schulz deverá também substituir Sigmar Gabriel na presidência do partido. Mas para isso será preciso um congresso extraordinário para aprovar a mudança de liderança.