Foi durante o último evento da Google I/O que vimos esta funcionalidade a ser utilizada em palco, quando Ellie Powers recebe uma mensagem com um link de um vídeo da aplicação Tasty que, ao ser aberto, apresentava uma versão minimalista da aplicação oficial. Esta terça-feira a funcionalidade começou a chegar a alguns utilizadores Android, de forma gradual, e vai continuar a ser disponibilizada para todos nos próximos dias.

https://www.youtube.com/watch?v=qdOdihJ5TVI

A vantagem das Instant Apps (“aplicações instantâneas”, em português) é que permitem uma navegação mais simples e intuitiva sem a necessidade de instalar qualquer ficheiro. Caso o utilizador goste da experiência pode então instalar a versão completa, depois de já a ter testado.

A diferença na interface é muito pouca entre a aplicação online e aquela que será instalada e, desta maneira, a Google consegue facilitar a navegação aos utilizadores do sistema operativo Android sem que estes sejam obrigados a ocupar a memória do smartphone com uma aplicação que, se calhar, só iam utilizar uma vez.

Segundo o The Verge, o BuzzFeed, o Periscope, o Viki, e o Wish são os serviços que já permitem utilizar esta nova funcionalidade. No entanto, a Google pretende “expandir a experiência”, para a maioria dos serviços abrangidos pelas aplicações Android, depois de receber algum feedback por parte dos utilizadores.