Um estudo, levado a cabo por investigadores da China e dos EUA, revelou que foram descobertos restos fossilizados do crânio de uma espécie de lontra que, em tempos, chegou a pesar mais do que um leopardo, dá conta a Quartz. Os pedaços de crânio encontrados pertenciam à espécie Siamogale melilutra, que viveu há cerca de 6,2 milhões de anos, e tinham 21 centímetros. Depois de uma análise pormenorizada, os cientistas concluíram que a lontra teria cerca de 50 quilos, mais do que pesam os atuais leopardos, que pesam à volta de 31 quilos. Estes valores são também duas a três vezes superior às espécies de lontras dos nossos dias.

Esta descoberta foi feita no Sudoeste da China em 2010, mas só agora é que os investigadores reuniram os dados necessários para chegarem a conclusões.

“Os ossos eram muito frágeis, isso fez com que não conseguíssemos reconstruí-los fisicamente”, afirmou Denise Su, responsável pela paleobotânica e paleoecologia do Museu de História Natural de Cleveland, em declarações à rádio NPR. “Resolvemos então fazer tomografias ao crânio e reconstruí-las digitalmente”, acrescentou.

Denise Su contou ainda que as medidas do crânio possibilitaram também a descoberta de algumas caraterísticas interessantes sobre a dentição do animal. Um delas é “ser semelhante à de um texugo”, explicou. No entanto, não é uma revelação assim tão despropositada, se analisarmos o nome Siamogale melilutra por partes: Em latim, meles significa texugo e lutra quer dizer lontra.

O estudo, publicado no Journal of Systematic Palaeontology, tem levantado algumas questões à comunidade científica: como é que uma lontra conseguiu atingir este peso? Não se consegue ter certezas, mas as teorias já começaram a surgir. A investigadora acredita que isso possa ter a ver com o tamanho das suas presas. “Muitas vezes o tamanho dos carnívoros aumenta com o tamanho das presas: se a presa for maior, o animal é também maior”, salienta Denise Su.

Contudo, dados da investigação mostram que este animal alimentou-se, maioritariamente, de moluscos. A que se deveram então os seus 50 quilos e as presas tão grandes? A questão está em aberto.