A atriz Mary Tyler Moore morreu, esta terça-feira, aos 80 anos, depois de ter sido internada no hospital de Greenwich, no Connecticut (EUA), com uma pneumonia. Moore tinha diabetes tipo 1 e terá morrido junto do marido e de alguns amigos que a visitaram, avança o The New York Times.

Moore tornou-se um ícone televisivo ao participar na sitcom “The Dick Van Dyke Show” (1961) cujo sucesso lhe permitiu criar o seu próprio programa de comédia “The Mary Tyler Moore Show“, no qual deu vida à produtora de televisão Mary Richards, uma mulher de carreira que não pensava em casar, numa altura em que se lutava pela emancipação feminina. Mary Richards tinha 30 anos, era solteira e não estava desesperada por se casar.

https://www.youtube.com/watch?v=jXOVACSSAHU

A atriz ganhou sete Emmy’s ao longo da sua carreira e recebeu uma nomeação para o Óscar com o filme “Ordinary People” (1980), realizado por Robert Redford, onde interpretou o papel de uma mãe que perde o filho.

Morre tinha diabetes tipo 1 e em 2011 foi operada para remover um tumor benigno no cérebro.