O fundo de investimento da universidade de Harvard, a mais rica do mundo, anunciou esta quarta-feira o despedimento de 230 funcionários, passando a gestão de investimentos maioritariamente para as “mãos” de empresas externas.

O presidente-executivo do fundo, N. P. Narvekar, anunciou a decisão numa carta divulgada esta quarta-feira, como resultado da forte concorrência e da perda de dois mil milhões de dólares em 2016. O Harvard Management Company (HMC) é um fundo avaliado em 35,7 mil milhões de dólares [33,4 mil milhões de euros].