O Brasil venceu a Colômbia, por 1-0, num jogo amigável de solidariedade para com as vítimas do acidente aéreo que dizimou a equipa do clube brasileiro Chapecoense. Os três jogadores do Chapecoense que sobreviveram ao acidente – o guarda-redes Jackson Follmann e os defesas Neto e Alan Ruschel – foram homenageados antes da partida amigável pelo público do Estádio Engenhão, no Rio de Janeiro, que trocou o habitual minuto de silêncio por um forte aplauso.

O único golo do jogo particular, arbitrado pelo argentino Jorge Baliño, foi apontado por Dudu – melhor jogador do campeonato brasileiro em 2016 – de cabeça, logo a seguir ao intervalo.

Os jogadores de ambas as equipas – apenas dos respetivos campeonatos nacionais, dado que a partida não se realizou numa data oficial da FIFA – tentaram ganhar a confiança dos seus técnicos aproveitando a ausência de estrelas de ambas as seleções que jogam na Europa, como Neymar, Gabriel Jesús, James Rodríguez, Falcão ou Carlos Bacca.

O estádio Engenhão contou com 18.695 espectadores. As verbas angariadas vão reverter a favor dos familiares das vítimas do acidente aéreo. A 28 de novembro, a queda do avião da companhia boliviana Lamia perto de Medellín, na Colômbia, causou a morte a 71 das 77 pessoas que seguiam a bordo, incluindo a maioria dos jogadores da Chapecoense, dirigentes e jornalistas que acompanhavam a equipa de futebol brasileira.