Um mês depois de lançar a ideia de construir um túnel sob Los Angeles, para fugir ao trânsito caótico da cidade que “o deixa louco”, Elon Musk volta às redes sociais com o mesmo plano, mas já com um prazo. Em tweets publicados ontem, o empresário e criador da Tesla, anuncia que houve progressos na sua ideia e que deverá começar a escavar em breve: “Tenho planos para começar a escavar em cerca de um mês”, escreveu.

As reações não tardaram e, à chuva de comentários e perguntas que se seguiram – até mesmo pondo em causa a exequibilidade da ideia – Elon Musk garantiu que o seu plano é mesmo para levar a sério e que já tem itinerário para o túnel: “Começa no meu escritório, na SpaceX”, pela Crenshaw, e segue até à autoestrada na direção do aeroporto. Um percurso que acredita que se faz em cinco minutos a partir daí.

O criador da Tesla lançou a ideia de abrir um túnel pouco antes do último Natal, enfurecido com o trânsito caótico que o impedia de circular rapidamente nas agitadas estradas de Los Angeles. O atropelamento de três funcionários da SpaceX, no passado dia 17 de Dezembro, mesmo em frente à empresa, também terá incentivado Musk a pensar nesse plano – um túnel também seria mais seguro para os peões atravessarem as movimentadas estradas da cidade, em especial a Crenshaw

O plano de Elon Musk entrar no negócio das escavações tem sido largamente comentado – e contestado, como a Wired resume aqui. Muitos acreditam que, apesar das suas boas intenções, o emaranhado burocrático e as barreiras regulatórias que seria preciso ultrapassar para conseguir autorizações e licenças torna a ideia quase impossível. Além disso, há uma floresta de tubagens e redes subterrâneas em Los Angeles que torna a obra num pesadelo. Mesmo que a sua ideia seja construir um túnel privado e apenas sob uma parte da cidade (na avenida junto à SpaceX), não será simples. Mas, tratando-se de Elon Musk, aguardam-se novidades.