Investigadores de universidade do Reino Unido e da China descobriram uma maneira de desbloquear 95% dos padrões de bloqueio de qualquer smartphone Android. Através de um algoritmo capaz de analisar os movimentos das mãos dos utilizadores, o programa consegue desenhar o padrão de desbloqueio através de um vídeo gravado entre dois metros e meio a nove metros de distância. É possível descobrir o padrão correto em menos de cinco tentativas.

O que é o padrão de desbloqueio?

Mostrar Esconder

Consiste numa grelha de pontos, no ecrã do dispositivo, em que o utilizar desenha uma ligação entre vários pontos, num padrão único, para ter acesso ao smartphone ou tablet. Estima-se que este método seja utilizado por 40% dos utilizadores Android.

Muitos utilizadores Android optam por utilizar o padrão de bloqueio de ecrã para proteger a entrada no sistema (no smartphone), por considerarem que este é um método mais rápido e eficaz do que uma password ou pin. Para testarem o algoritmo, os investigadores gravaram, com um smartphone normal, vídeos a cerca de dois metros e meio de 215 pessoas a desbloquearem o dispositivo Android. No total foram cerca de 120 padrões únicos que foram gravados e, em alguns casos sem que a tela do smartphone aparecesse no vídeo gravado.

Aqueles que acreditam que um padrão mais complicado vai trazer um nível de segurança maior, enganem-se. Existe uma maior facilidade para o algoritmo em decifrar um código com mais movimentos do que um padrão simples. Isto porque, com um padrão mais complicado, as hipóteses de existir uma combinação com aqueles movimentos são mais reduzidas do que nos casos mais simples.

Os testes foram efetuados com diversos vídeos, gravados em diferentes ângulos. Com o smartphone, o algoritmo identificava um padrão até dois metros e meio de distância, já com uma câmara DSLR a distância podia ser aumentada para até nove metros.

Cada vez mais os utilizadores transportam informações pessoais nos dispositivos móveis e a segurança não deve ser deixada de parte. Pode dar uma vista de olhos ao nosso explicador sobre segurança informática e, se for utilizador de Android, prefira um pin ou uma password em vez do padrão de desbloqueio.