Lançamentos

Lexus IS 300h renovado. Já à venda, desde 43.700€

Única versão do modelo de acesso à gama da Lexus comercializada em Portugal, o IS 300h foi recentemente renovado. Mais competente, seguro e requintado, é proposto a partir de 43.700€.

Autor
  • António Sousa Pereira

Primeiro modelo da Lexus criado propositadamente para conquistar os condutores europeus, o IS vai na sua terceira geração, tendo já vendido mais de 1 milhão de exemplares em todo o mundo, um quinto dos quais na Europa. Recentemente renovado, está já disponível em Portugal, onde é o modelo mais vendido da marca nipónica, garantindo oferecer uma condução mais envolvente e um superior refinamento, assim respondendo às exigências formuladas pelos seus clientes.

Sem apresentar alterações radicais, visualmente exibe uma imagem mais marcante, garantida pela grelha mais proeminente, pela linha de cintura mais vincada, por uma nova iluminação exterior em LED e pelas jantes de novo desenho.

No habitáculo, as modificações também são mínimas: novo formato e posicionamento de alguns comandos, novo ecrã do sistema de infoentretenimento com 10,3” e disponibilização das inserções em madeira escura gravada a laser, estreadas na nova geração do RX.

Ao mesmo tempo, a Lexus anuncia que os novos componentes de baixo de peso da suspensão, e os ajustamentos operados nos amortecedores e na barra estabilizadora, contribuem para uma condução mais apurada e envolvente, sem com isso ficar comprometido o conforto de marcha.

A animar a única versão do modelo proposta no mercado nacional, o IS 300h, está a conhecida motorização híbrida que conjuga o motor a gasolina de quatro cilindros e 2,5 litros de ciclo Atkinson com um motor eléctrico, mais convincente pelos reduzidos consumos que permite alcançar (4,3 l/100 km anunciados no ciclo combinado) do que, propriamente, pelas prestações que oferece.

Proposto a partir de 43.700€, o renovado IS 300h pode ainda contar com os préstimos do Lexus Safety Sistem+, que dota o veículo de uma série de soluções evoluídas destinadas a prevenir os acidentes, ou a minimizar as respectivas consequências, incluindo-se no lote soluções como a monitorização do ângulo morto ou o alerta de tráfego pela traseira.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: observador@observador.pt
Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Crónica

Amorfo da mãe /premium

José Diogo Quintela

O Governo deve também permitir que, no dia seguinte ao trauma que é abandonar a criança no cárcere escolar, o progenitor vá trabalhar acompanhado pelo seu próprio progenitor. Caso precise de colinho.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Detalhes da assinatura

Esta assinatura permite o acesso ilimitado a todos os artigos do Observador na Web e nas Apps. Os assinantes podem aceder aos artigos Premium utilizando até 3 dispositivos por utilizador.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)