Criado em 2015, por um grupo de amantes de motos e viagens aventura, em parceria com a agência “Mundo de Aventuras”, o Big Trail Challenge assenta num conceito bastante popular na Austrália e no subcontinente sul-americano, mas ainda pouco divulgado na Europa. Destinado a motos trail de cilindrada superior a 600 cc, aptas tanto a uma utilização em estrada, como fora dela, tem por objectivo não a vertente competitiva, mas o desfrute de bons momentos de condução em todo-o-terreno, e a melhoria das técnicas de condução, através da superação de desafios vários que, ao mesmo tempo, permitem descobrir locais inacessíveis aos circuitos turísticos mais comuns das regiões visitadas.

O projecto teve a sua primeira edição em Abril de 2016 e redundou num inequívoco sucesso: 30 motards, de quatro nacionalidades, estiveram à partida de um evento que rumou a Marrocos, contou com a participação de seis marcas de motos e com a KTM como patrocinador oficial. Em 2017, a organização voltou a escolher Marrocos como destino, por ser um país que apresenta as condições ideais para viver experiências únicas, enriquecedoras e autênticas, num misto de descoberta cultural e natural, com condições excepcionais para a condução de motos todo-o-terreno.

O Big Trail Challenge 2017 promete, assim, constituir uma experiência de superação, amizade e descoberta, em que os participantes podem escolher dois níveis de dificuldade distintos, sendo a navegação realizada com recurso ao GPS e com o apoio de um road-book.

“Depois do sucesso da primeira edição, e do impacto que visivelmente a viagem provocou nos participantes, não podíamos deixar de apostar numa segunda edição do evento. O conceito é novo e destinado a pessoas que, embora motivadas para viagens aventura, procuram fazê-las inseridas numa expedição organizada, profissional, que lhes proporcione os meios logísticos, técnicos e de segurança que lhes permitam aventura num ambiente relativamente controlado. É a isto que o evento que foi por nós desenhado pretende dar resposta e no qual prometemos manter o ingrediente do challenge para tornar tudo ainda mais interessante”, revela o responsável pelas relações públicas da organização, Pedro Pessoa.

Valerá a pena sublinhar que, na última década e meia, se tem observado um movimento muito evidente, entre os utilizadores frequentes de moto, de transferência de um grande número de motards das motos desportivas para as scooters executivas ou citadinas, e também para as motos de tipologia grande turismo ou big trail. No caso destas últimas, a tecnologia GPS, agora generalizada, aliada ao fácil acesso à informação que a Internet tem permitido, será uma das principais responsáveis pelo significativo crescimento do culto pelas viagens aventura em moto, que aumenta ano após ano, como também o indicam as vendas, em muitos países, que este tipo de moto vem registando. Portugal não foge à regra. E o Big Trail Challenge aí está para ajudar a comprová-lo.