São 16.429 os Porsche afectados em todo o mundo por uma falha nos tubos de retorno do circuito de alimentação, aqueles que trazem de volta ao depósito de combustível a gasolina enviada pela bomba aos injectores e não utilizada na combustão. Nestes veículos, pertencentes às gamas 911 Carrera, 718 Boxster e 718 Cayman, é possível que os parafusos de ligação dos mencionados tubos se soltem, o que não é de todo conveniente, quer para a carteira, quer para a segurança – ou não fosse a gasolina um líquido altamente inflamável.

Segundo informação veiculada pela marca germânica, todas estas unidades irão ser, por uma questão de precaução, chamadas à oficina para uma acção de serviço, na qual os parafusos em questão serão substituídos por outros de nova concepção. Os proprietários serão contactados directamente pela filial ou importador da Porsche local, sendo que a visita a um concessionário autorizado da marca será agendada como a máxima brevidade possível e estará isenta de custos.

No mesmo comunicado, a Porsche faz saber que, na Alemanha, são 2.576 os veículos afectados por esta medida. Em Portugal, há sete unidades equipadas com peças defeituosas, sendo cinco 911 Carrera e dois 718, entre as versões Cayman e Boxster.