O gabinete de comunicação do INEM confirmou ao Observador que quinze alunos da Escola Básica 1 do Bairro de São Miguel, em Alvalade, foram transportados para o Hospital de Santa Maria por volta do meio-dia de segunda-feira queixando-se de urticária, prurido e manchas na pele.

Fonte do INEM disse que o quadro de sintomas é consistente com o contacto com a lagarta do pinheiro e que os alunos hospitalizados terão estado a brincar ao pé de alguns pinheiros onde se encontrariam estas lagartas. As reações alérgicas ao contacto com a lagarta do pinheiro dão-se normalmente ao nível da pele, dos olhos e, por vezes, do aparelho respiratório.

O INEM confirmou também não ter notícias de algum caso mais grave que possa vir a requerer cuidados redobrados.

No local estiveram os bombeiros Lisbonenses, os Sapadores e uma ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) do INEM. As crianças foram levadas para Santa Maria num autocarro dos Bombeiros Sapadores de Lisboa.