477kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Anúncio mostra que não há nada mais sexy do que a igualdade

Este artigo tem mais de 5 anos

A marca de produtos de limpeza Mr. Clean tem um novo e arrojado anúncio, que será emitido durante a Super Bowl, que mostra o sexy que é um homem entregue às lides domésticas.

i

Mr. Clean/Youtube

Mr. Clean/Youtube

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

A marca de produtos de limpeza Mr. Clean conseguiu ganhar um ‘lugar de sonho’ para qualquer anunciante: aparecer no Super Bowl. Um evento tão grande como este merece o melhor e a marca decidiu arrojar no seu novo anúncio publicitário.

Esqueçam os anúncios chatos de produtos de limpeza, com demonstrações e mulheres frustradas com as lides domésticas. No novo anúncio da Mr. Clean, uma mulher olha para a bancada da cozinha, desanimada com a sujidade. Por sorte entra de rompante Mr. Clean, um boneco-animado muito sexy (careca, de brinco e roupa branca justa) a personificar a marca, que prontamente lhe começa a limpar a casa de forma bastante sensual. Entretanto, uma voz masculina chama “Sarah, Sarah” e a mulher acorda para a realidade onde encontra o marido. Ainda sob o feitiço de Mr. Clean, Sarah beija-o loucamente.

https://www.youtube.com/watch?v=GDzMxlw2Fgo

Mr. Clean já se tornou um símbolo sexual que mostra como a igualdade de género pode ser sexy, como diz o El Espanol. Aliás, o anúncio termina com a frase “tens de amar um homem que limpa”.

Várias são as marcas que ‘lutam’ por um lugar no espetáculo da Super Bowl, visto por cerca de 120 milhões de pessoas todos os anos, estando dispostas a pagar autênticas fortunas — até 5 milhões de dólares por um período de 30 segundos — para emitir os seus anúncios.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.

Atenção

Este artigo só pode ser lido por um utilizador registado com o mesmo endereço de email que recebeu esta oferta.
Para conseguir ler o artigo inicie sessão com o endereço de email correto.