Testa franzida, sobrolho levantado, sorriso forçado, olhos ensonados: Isabel dos Santos fotografou-se com várias expressões de desagrado e aborrecimento, trancada num autocarro, enquanto esperou para ser levada do avião em que chegou a Lisboa até ao aeroporto. “A cara que se fica às 6:30 da manhã no aeroporto de Lisboa-30 minutos fechados dentro do autocarro cheio esperando…esperando…”, escreveu na legenda do Instagram onde publicou a sua queixa.

A empresária chegara à capital ao início da manhã de domingo e não escondeu o seu desagrado pelo tempo de espera, juntamente com outros passageiros. A mensagem que publicou no próprio dia no Instagram recebeu quase 3.500 likes e mereceu mais de 170 comentários: uns mostravam solidariedade com a situação de Isabel dos Santos e elogiavam o seu bom humor, outros não a poupavam a críticas – “só me pergunto porque não utiliza as rede sociais para falar do seu povo”, era uma das questões colocadas por um dos seus seguidores.

No dia anterior, a empresária e filha de José Eduardo dos Santos tinha partilhado na mesma rede social uma imagem do bilhete do voo que a iria levar de Luanda a Lisboa pela companhia aérea angolana TAAG, empresa que elogia na sua mensagem. “A nossa TAAG a voar mais alto”, escreveu.

Poucas horas depois do post em que partilhava a sua queixa pelo tempo de espera no aeroporto de Lisboa, Isabel dos Santos publicou uma nova imagem com o marido, Sindika Dokolo, já em cenário de neve, mas em lugar que não especificou.

View this post on Instagram

A nossa Taag a voar mais alto… ???????????? #flytaag

A post shared by Isabel Dos Santos (@isabel_dos_santos.me) on