Recém-apresentado ao mundo, o novo Leon Cupra tem chegada ao mercado prevista para Março e será, decerto, um desportivo pleno de atributos. Mas o modelo mais rápido e potente de sempre da Seat, com 300 cv de potência e capaz de cumprir os 0-100 km/h em apenas 4,9 segundos, já é notícia também por ser o protagonista da estreia oficial do seu construtor no MotoGP.

E isto porque o construtor de Martorell e a Ducati, marca que passou a integrar o universo do Grupo Volkswagen, assinaram um acordo, válido para a temporada de 2017, que prevê a sua participação conjunta na categoria rainha do Campeonato do Mundo de Motociclismo. Ao abrigo desta parceria, não só o Leon Cupra passa a ser o veículo oficial da equipa Ducati, como o logótipo da Seat passa a estar presente tanto na frente das motos da marca bolonhesa, como nos fatos de competição do tricampeão mundial Jorge Lorenzo e do italiano Andrea Dovizioso, e ainda nos uniformes dos restantes elementos da equipa.

Com início marcado para 23 de Março, no Qatar, o Mundial de MotoGP de 2017 contará com 18 corridas, disputadas em 15 países, de quatro continentes, estando previsto ser seguido por mais de 2,6 milhões de espectadores, só nos circuitos por onde passará.

A Ducati participa há 14 anos na competição, tendo já vencido 33 corridas e um título mundial, com o australiano Casey Stoner, em 2007. Já no vasto palmarés desportivo da Seat destacam-se as duas vitórias consecutivas, alcançadas em 2008 e 2009, no WTCC, o campeonato do mundo de automóveis de turismo.