Novo Banco

Construtor José Guilherme garante que tem “tudo em dia” com o Novo Banco

Empresário que deu "liberalidade" de 14 milhões a Salgado garante que está a "cumprir ao milímetro" com o Novo Banco e explica que o que deve está relacionado com créditos a que deu avales.

José Carlos Pratas/Global Imagens

O construtor José Guilherme garante que está a “cumprir ao milímetro” todas as obrigações com o Novo Banco, pelo que não faz sentido, na sua perspetiva, que o Lone Star — fundo interessado na compra do Novo Banco — dê como perdidos os mais de 200 milhões de euros que, segundo o Jornal de Negócios, o empresário deve à instituição liderada por António Ramalho. A dívida, que o construtor justifica com a assunção de créditos de outros empresários a quem José Guilherme prestou avales, foi reestruturada há cerca de um ano e, nos novos termos, implica o pagamento de 10 milhões de euros por ano em juros e capital.

A notícia saiu ontem, a reação vem hoje. O Jornal de Negócios escreve que José Guilherme recusa qualquer “calote” ao Novo Banco. “Assumi dívidas de outros [devedores]. Estou a pagar as minhas dívidas e as dos meus sócios. Estou a cumprir ao milímetro o que acordei com o Novo Banco”, afirmou o construtor.

A dívida de José Guilherme ao Novo Banco ainda é valorizada pelo balanço da instituição financeira, mas é um dos vários ativos que a Lone Star quer cobrir com uma garantia pública, mostrando que tem grandes dúvidas sobre se o valor será pago na íntegra.

Partilhe
Comente
Sugira
Proponha uma correção, sugira uma pista: ecaetano@observador.pt
Política

A hipocrisia das casas da esquerda /premium

Filomena Martins
190

Costa fez negócios de especulação imobiliária com idosos que tanto criticou. Iglesias comprou um chalet de luxo e violou o código de ética que impôs no Podemos. É a hipocrisia moralista da esquerda.

Europa

Falta de confiança  /premium

Manuel Villaverde Cabral

Por todo o lado são cada vez mais os eleitores que se abstêm ou que se viram para os «populistas» que tudo prometem e, até agora, não conseguem mais do que piorar as coisas, aumentando a instabilidade

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Ligue-se agora via

Facebook Google

Não publicamos nada no seu perfil sem a sua autorização. Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Detalhes da assinatura

Acesso ilimitado a todos os artigos do Observador, na Web e nas Apps, até três dispositivos.

E tenha acesso a

  • Assinatura - Aceda aos dados da sua assinatura
  • Comentários - Dê a sua opinião e participe nos debates
  • Alertas - Siga os tópicos, autores e programas que quer acompanhar
  • Guardados - Guarde os artigos para ler mais tarde, sincronizado com a app
  • Histórico - Lista cronológica dos artigos que leu unificada entre app e site

Só mais um passo

1
Registo
2
Pagamento
Sucesso

Inicie a sessão

Ou registe-se

Ao registar-se está a aceitar os Termos e Condições e a Política de Privacidade.

Só mais um passo

Confirme a sua conta

Para completar o seu registo, confirme a sua conta clicando no link do email que acabámos de lhe enviar. (Pode fechar esta janela.)