Inicialmente previsto para 2018, o arranque da produção daquele que promete ser o próximo “menino bonito” da Lamborghini, o Urus, vai, afinal, ser antecipado em mais de meio ano. Segundo revelou o novo CEO da marca, Stefano Domenicali, à revista Digital Trends, não só a versão final do modelo será apresentada em breve, como a própria produção arrancará já em Abril.

O início da produção na fábrica em Sant’Agata Bolognese, único local onde o primeiro SUV da história da Lamborghini será produzido, arrancará com o fabrico de unidades de pré-série, ou seja, pouco mais que protótipos. Medida que visa avaliar a qualidade da montagem e adequar o ritmo da linha ao novo volume de produção já definido – até aqui com uma capacidade anual de 3.500 unidades, a fábrica passará a produzir, com a entrada em linha do novo Urus e segundo as previsões do fabricante, cerca de 7.000 viaturas por ano.

Recorde-se que, entre as várias novidades que encerra, o Urus será o primeiro modelo da marca italiana a ser produzido e comercializado com uma motorização híbrida plug-in. Sendo que, embora as informações sobre o sistema de propulsão sejam ainda escassas, é já certo que este terá na base o conhecido V8 4,0 litros a gasolina que está disponível noutros modelos do grupo VW, que controla a prestigiada marca italiana.

As notícias até agora divulgadas avançam ainda que o SUV contará igualmente com sistema de tracção integral, acrescido de um sistema de modos de condução, à imagem do que já acontece com propostas rivais.