A polícia alemã revelou esta quinta-feira ter detido dois conhecidos extremistas islâmicos no âmbito de uma investigação sobre eventuais planos para um ataque. As autoridades afirmaram que dois homens, um argelino de 27 anos e um nigeriano de 23, cujos nomes não foram divulgados, foram detidos durante buscas realizadas às primeiras horas desta quinta-feira perto de Goettingen, na Baixa Saxónia, onde 12 propriedades foram alvo de rusgas.

O chefe da polícia de Goettingen, Uwe Luehrig, indicou que a informação sobre um possível plano de ataque foi-se acumulando de tal forma nos últimos dias que as autoridades decidiram agir rapidamente.