O presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, aprovou, esta sexta-feira, a revisão constitucional que visa o reforço dos poderes do chefe de Estado e que deve ser referendada no próximo dia 16 de abril. O anúncio foi feito pelo primeiro-ministro, Numan Kurtulmus, que confirmou a data do referendo sobre a revisão da Constituição.

O referendo “está previsto para o dia 16 de abril”, declarou Kurtulmus durante uma declaração que foi transmitida pela televisão.

O primeiro-ministro acrescentou que “se Deus quiser, a Turquia vai entrar numa nova era a partir do dia 16 de abril”.