O carro do secretário de Estado do Ambiente, Carlos Martins, foi assaltado na quarta-feira à noite em Coimbra, conta esta sexta-feira o Expresso.

Carlos Martins seguia viagem para um evento no norte do país quando parou em Coimbra para jantar. O seu carro ficou estacionado junto ao restaurante “Rui dos Leitões” e acabou por ser assaltado, assim como outros veículos ali estacionados. No porta-bagagens, dentro de pastas, estavam os computadores de Carlos Martins e do seu adjunto, dois tablets, vários discos rígidos e a carteira do seu assessor. “Perdi o trabalho de uma vida“, disse o secretário de Estado do Ambiente.

Tinha a minha tese de doutoramento, mais de 40.000 fotografias e apresentações em Power Point nestes discos rígidos.

Apesar do incidente, o secretário de Estado não tinha documentos importantes na viatura e alguns dos documentos roubados apareceram, no dia seguinte, em Matosinhos.

Carlos Martins teve como destino Ribeira da Pena, em Vila Real, onde assistiu à apresentação de um dos maiores projetos hidroelétricos da Europa dos últimos 25 anos, o Sistema Eletroprodutor do Tâmega — que inclui a construção das barragens de Gouvães, Daivões e Alto Tâmega. Os ambientalistas contestam a medida.