Antes do seu lançamento no mercado, na próxima Primavera, o renovado Skoda Citigo vai ser oficialmente revelado dentro de poucos dias, no Salão de Genebra, após ter sido sujeito a uma ligeira actualização. As alterações operadas são, eminentemente, estilísticas, havendo a destacar uma frente renovada, onde pontificam o novo capot, a grelha e os pára-choques de novo desenho e os novos faróis de nevoeiros, em opção disponíveis com função de curva.

Também opcionais, para o nível de equipamento Style, são as novas jantes de 15”, ao passo que o nível Ambition recebe farolins traseiros escurecidos de série e, em opção, um pack composto pelo tejadilho e caixas dos espelhos de cor contrastante (branca ou preta). Completa o leque de alterações exteriores a nova cor verde Kiwi.

Apesar de ter crescido 34 mm em comprimento, o Citigo não é mais generoso em termos de espaço interior, mas nem por isso deixou de receber algumas melhorias também no habitáculo. O painel de instrumentos conta com um novo desenho e é proposto em duas versões, ao passo que o volante multifunções em pele é novo e, sob o banco do passageiro, passa a ser possível alojar um guarda-chuva, solução integrada na filosofia Simply Clever tão cara ao construtor de Mladá Boleslav.

Quanto a motores, o citadino checo continua a ser proposto com três versões do conhecido três cilindros de 1,0 litros: as de 60 cv e 75 cv a gasolina, e a de 68 cv alimentada por gás natural comprimido.

Os níveis de equipamento são os habituais (Easy, Active, Ambition e Style), complementados por duas edições especiais: Monte Carlo e Fun.