A polícia espanhola foi chamada, esta quarta-feira, ao hotel onde estão hospedados o ex futebolista Diego Maradona e a sua noiva, por alegadas agressões. No fim, a mulher afirmou ter sido sido apenas “uma forte discussão”.

De acordo com a imprensa espanhola, esta terça-feira de manhã, a polícia foi chamada ao hotel Eurostar Suites Mirasierra, onde esteve bastante tempo, e onde o ex-futebolista argentino foi interrogado. A chamada para as autoridades foi feita por um rececionista do hotel, por volta das 08h30 locais (09h30 em Lisboa) que ao aperceber-se do tom elevado e violento da discussão resolveu chamar as autoridades.

O El País conta ainda que os serviços médicos não foram necessários, e que nem Maradona nem a sua namorada Rocio, apresentaram queixa.

Recorde-se que Diego Maradona está em Madrid para assistir ao jogo desta quarta-feira entre o Real Madrid e o Nápoles, sua antiga equipa, a contar para os oitavos de final da Liga dos Campeões.

No entanto, parece que a viagem até Madrid tem sido tudo menos calma e turística. A forte discussão entre a estrela de futebol argentino e a sua namorada acontece depois de Maradona se ter envolvido numa outra discussão com um jornalista que teve direito até a ameaças. No meio da discussão Maradona terá dito: “Se te encontro num mano a mano, parto-te todo”.

Veja aqui o momento:

https://youtu.be/OzoOgOm2J60

No passado, Diego Maradona esteve também debaixo de polémica idêntica, quando em 2014, a namorada, Rocio Oliva, filmou a estrela de futebol argentino a agredi-la.