Milo Yiannopoulos, o editor-estrela e provocador do Breitbart News, pediu demissão esta terça-feira depois de serem conhecidos comentários seus em que aprovava sexo entre “rapazes mais novos e homens mais velhos”. Um dos mais conhecidos escritos do popular site de extrema-direita que durante anos foi liderado pelo agora estratega principal de Donald Trump na Casa Branca, Steve Bannon, Milo Yiannopoulos é conhecido pelos seus comentários provocadores e pelas polémicas.

Esta segunda-feira viu mais um discurso seu ser cancelado depois de ressurgirem vídeos em que critica as leis sobre pedofilia e relata de forma cómica um encontro sexual que terá tido com um padre quando era adolescente.

Agora, num comunicado citado pela CNN, Milo Yiannopoulos reconhece as palavras infelizes e diz que se demite para tentar proteger o Breitbart. “Seria errado permitir que a minha má escolha de palavras prejudicasse o trabalho importante que os meus colegas estão a fazer, por isso hoje demito-me do Breitbart, com efeitos imediatos. A decisão é exclusivamente minha”, disse.