A empresa Infraestruturas de Portugal (IP) anunciou esta sexta-feira um investimento de 4,5 milhões de euros, a realizar este ano, no reforço e melhoria da sinalização horizontal da rede rodoviária nacional. Em comunicado, a IP explicou que “as empreitadas visam complementar a sinalização existente, a reposição em boas condições de visibilidade da marcação degradada ou ainda, em alguns casos, a reformulação da mesma readequando-a ao novo ambiente rodoviário”.

A empresa adiantou que aquelas intervenções resultam “das inspeções regulares feitas às condições de conservação da rede rodoviária sob sua jurisdição direta” e que permitiram “a identificação e avaliação das necessidades de intervenção ao nível da marcação rodoviária”.

“Neste sentido, foi publicado em Diário da República o concurso público para a adjudicação de sete empreitadas correspondentes a sete lotes independentes e autónomos entre si. Esta divisão corresponde a uma área territorial afeta a cada um dos Centros Operacionais (CO) da Infraestruturas de Portugal”, especificou a empresa.

A IP explicou que “a separação e autonomia das empreitadas, prática realizada ao longo dos últimos anos, permitem uma gestão de proximidade com fortes ganhos ao nível financeiro e na eficiência das intervenções”. Do montante global, mais de 840 mil euros serão aplicados na rede rodoviária dos distritos de Braga, Bragança, Viana do Castelo e Vila Real, 560 mil euros no Porto e Aveiro e 900 mil euros em Castelo Branco, Coimbra, Guarda, Viseu. Em Leiria, Portalegre, Santarém o investimento previsto ronda os 720 mil euros , na Grande Lisboa (Lisboa, Setúbal)cerca de 660 mil euros e em Beja, Évora, Faro 700 mil euros .