435kWh poupados com o Logótipo da MEO Energia Logótipo da MEO Energia
i

A opção Dark Mode permite-lhe poupar até 30% de bateria.

Reduza a sua pegada ecológica.
Saiba mais

Logótipo da MEO Energia

Adere à Fibra do MEO com a máxima velocidade desde 29.99/mês aqui.

Toys'R'Us instala "muro" entre México e Estados Unidos em loja de Gaia e causa indignação

Este artigo tem mais de 5 anos

A denúncia foi feita pelo jogador do FC Porto Miguel Layun. Na fotografia, vê-se um muro com um polícia, um sinal de Stop e duas placas para "México" e "USA" à entrada da loja. A marca já respondeu.

Um muro, um sinal de Stop, um polícia e duas setas, uma a apontar para "México" e outra para "USA" à entrada da loja de Gaia
i

Um muro, um sinal de Stop, um polícia e duas setas, uma a apontar para "México" e outra para "USA" à entrada da loja de Gaia

Um muro, um sinal de Stop, um polícia e duas setas, uma a apontar para "México" e outra para "USA" à entrada da loja de Gaia

Tem acesso livre a todos os artigos do Observador por ser nosso assinante.

Um muro, um sinal de Stop, um polícia e duas setas, uma a apontar para “México” e outra para “USA”. É este o cenário presente na loja da Toys’R’Us do GaiaShopping, em Gaia.

A instalação à entrada da loja da cadeia internacional de brinquedos, uma representação do muro prometido por Donald Trump na fronteira entre os Estados Unidos e o México, foi fotografada pelo jogador do F. C. Porto Miguel Layun, que é mexicano, e que partilhou a imagem no Twitter. “Que triste que o Toys’R’Us de Gaia tenha este tipo de decoração. Optámos por sair quando vimos esta ‘brincadeira'”, escreveu o futebolista na rede social.

No Instagram, Layun foi mais contundente:

“Não me espanta, mas parece-me uma falta de respeito por parte da Toys’R’Us em Gaia ter esta decoração. Uma mensagem pouco apropriada para crianças. Deixemos que cresçam sem preconceitos”.

Entretanto, a Toys’r’us internacional já respondeu ao jogador, através do Twitter. “Isto não representa o que somos”, lê-se na mensagem, que garante que a empresa contactou “imediatamente a administração da loja em Portugal para resolver este assunto”.

PUB • CONTINUE A LER A SEGUIR

O Observador contactou a loja de Gaia, que se recusou a prestar declarações. A funcionária que atendeu o telefone e não quis identificar-se apenas afirmou: “Nós não temos nada a dizer”. A mesma funcionária não confirmou se a instalação foi ou não retirada da loja.

A página está a demorar muito tempo.

Ofereça este artigo a um amigo

Enquanto assinante, tem para partilhar este mês.

A enviar artigo...

Artigo oferecido com sucesso

Ainda tem para partilhar este mês.

O seu amigo vai receber, nos próximos minutos, um e-mail com uma ligação para ler este artigo gratuitamente.

Ofereça artigos por mês ao ser assinante do Observador

Partilhe os seus artigos preferidos com os seus amigos.
Quem recebe só precisa de iniciar a sessão na conta Observador e poderá ler o artigo, mesmo que não seja assinante.

Este artigo foi-lhe oferecido pelo nosso assinante . Assine o Observador hoje, e tenha acesso ilimitado a todo o nosso conteúdo. Veja aqui as suas opções.

Atingiu o limite de artigos que pode oferecer

Já ofereceu artigos este mês.
A partir de 1 de poderá oferecer mais artigos aos seus amigos.

Aconteceu um erro

Por favor tente mais tarde.