“As you know in fashion, one day you’re in and the next day you’re out” (na moda, um dia estás dentro e no outro estás fora), diria Heidi Klum. Um exemplo que se aplica também à apresentadora da série Project Runway que, ora está na lista das mais bem vestidas, ora tem um lugar reservado nas piores vestidas na história da cerimónia dos Óscares. A verdade é que até nomes como Charlize Theron, Jennifer Lopez ou Gwyneth Paltrow sabem que a polémica pergunta “o que está a vestir?” pode vir acompanhada de críticas impiedosas.

Que o diga, por exemplo, a atriz Jennifer Connelly (vestida por Balenciaga em 2002) ou a figurinista Lizzy Gardiner que escolheu usar um vestido feito de cartões American Card dourados na passadeira vermelha — nem o Óscar de melhor guarda roupa a salvou das infelizes comparações. Também a cantora Björk, em 2011, saiu à rua vestida de cisne e, escusado será dizer, errou na escolha. Os calções de ciclista de Demi Moore (usados em 1989), o chapéu volumoso de Cher (1986) e a longa cauda amachucada de Geena Davis (1992) idem.

Na fotogaleria, reunimos os piores vestidos (e um conjunto de duas peças) dos Óscares, de 1995 a 2016. Spoiler alert: Uma Thurman, Céline Dion e Juliette Binoche estão entre as menos elegantes na história da cerimónia da academia.