A ex-deputada Mónica Ferro (PSD) foi eleita para o cargo de Chefe da Representação Regional do Fundo das Nações Unidas de Apoio à População. Em comunicado, o Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) considera tratar-se do “justo reconhecimento de um relevante percurso profissional e dedicação às questões da população e do desenvolvimento”.

A escolha da social-democrata foi anunciada pelo MNE, que sublinha tratar-se da eleição para uma “posição de extrema importância e visibilidade na área da população e cooperação internacional para o desenvolvimento”. Na Assembleia da República, onde esteve como deputada do PSD eleita por Lisboa, assumindo a vice-presidência da bancada social-democrata, Mónica Ferro coordenou o grupo parlamentar português sobre População e Desenvolvimento. Durante duas semanas, assumiu as funções de secretária de Estado Adjunta e da Defesa Nacional, no Governo PSD/CDS que acabaria por não passar na Assembleia e daria lugar à atual legislatura.

Antes ainda dessa curta experiência, foi membro do conselho executivo do Fórum Europeu de Parlamentares para a População e Desenvolvimento (entre 2012 e 2015) e, nos anos seguintes (2015-2017), vice-presidente daquele órgão. “A Dra. Mónica Ferro”, refere o MNE em comunicado, “é uma profissional altamente qualificada e experiente”.

Aos 44 anos, Mónica Ferro é professora universitária de Relações Internacionais na Universidade de Lisboa. Em Genebra, onde vai desempenhar as novas funções, será a responsável máxima regional do Fundo das Nações Unidas no Apoio à População.